Posicionamento oficial da IELB sobre as eleições
Confira o posicionamento da Diretoria Nacional da IELB em relação à Política e Eleições ...
WhatsApp da CELE
Você gostaria de receber as notícias, programações e mensagens da CELE? ...
Culto Distrital 2018
Culto Distrital do Distrito Paulista ...
Cultos na CELE | Agosto
Dizem que agosto é o mês do ano que mais demora a passar. ...
Temática da IELB para 2018
Vou viver e anunciar o que o Senhor tem feito! No lugar onde fui colocado por Deus. ...
Hino dos 500 anos da Reforma Luterana - IELB
Vencedor do concurso do hino dos 500 anos da Reforma Protestante - IELB ...
500 anos da Reforma Luterana - Sem intermediários
Segundo video de uma série sobre os 500 anos da Reforma Luterana ...
500 anos da Reforma Luterana - Como tudo começou
Primeiro video de uma série interessante sobre a Reforma Luterana ...
foto: Internet
As mentirinhas da Páscoa
O calendário nos preparou algo inusitado. A Páscoa será celebrada e comemorada no popular dia da mentira.
O calendário nos preparou algo inusitado. A Páscoa será celebrada e comemorada no popular dia da mentira, dia 1° de abril. Este é aquele tão saudoso dia em que, defendidos pelo dia da mentira, inventávamos várias histórias e episódios. Sim, todos falsos, porém mentiras permitidas pelo 1° de abril.

Repare como a Páscoa que comemoramos hoje é cercada de pequenas mentiras, permitidas pela data festiva. A começar pelos ovos de Páscoa e seus preços que até parecem mentira pelas pouquíssimas gramas de chocolate que possuem. E aquelas pegadas branquinhas que aparecem pela casa no domingo de Páscoa e ensinamos aos nossos filhos que foi o coelhinho que estava ali? Aliás, o mesmo coelho que, habilmente, esconde os ninhos cheios de guloseimas. Tudo verdade, não é mesmo? Ou será que a Páscoa é cercada de pequenas mentiras?

Porém a verdadeira Páscoa, aquela que é o motivo pelo qual paramos tudo para celebrar a data, é cercada não de pequenas mentiras, mas de uma grande verdade. Observe o que a Palavra de Deus afirma: “a verdade é que Cristo foi ressuscitado, e isso é a garantia de que os mortos também serão ressuscitados” (1 Coríntios 15.20). A verdade é que Jesus vive. Foi crucificado, derramou seu sangue, assumiu nossas culpas e pecados. Mas ele foi ressuscitado, ele vive e, quem nele crer, também viverá para sempre. Eis aí a grande verdade, o núcleo da verdadeira Páscoa. E, mesmo que pequenas mentiras pascais lúdicas e doces circundem o túmulo vazio de Cristo, a sua ressurreição verdadeira será celebrada em cada lar cristão.

Então fica a dica: Jesus, o Salvador, ressuscitou, esta é a grande verdade. Quem crer nesta verdade absoluta será salvo! Se, à medida em que vamos envelhecendo, as mentirinhas da Páscoa vão desmoronando e perdendo sua doçura, a verdade da ressurreição de Jesus é a verdade que podemos apreciar e saborear cada vez mais, a cada novo ano de vida. Até o dia em que vamos celebrar a vida sem fim, a vida eterna, graças ao Salvador. Ele vive, nós também viveremos.

Bruno A. Krüger Serves | Pastor Luterano
Bruno A. Krüger Serves
CEL Cristo, Candelária-RS
domingo, 1 de abril de 2018

Luterana Ebenézer
Congregação Evangélica Luterana Ebenézer
Considerada Utilidade Pública Lei nº 374/1971
Filiada à IELB - Igreja Evangélica Luterana do Brasil
Rua Januário Zíngaro, 51 – Campo Limpo – São Paulo – SP – CEP 05794-300
Tel: (11) 5841-4254 - E-mail: luteranaebenezersp@gmail.com
2010-2018 - Todos os Direitos Reservados - Luterana Ebenézer
Desenvolvido por: Wagner Jann