Nova diretoria da CELE
No útlimo dia 09 de dezembro, tivemos a eleição da nova diretoria e líderes de áreas para o bi ...
Conselho Diretor da IELB se reúne em São Leopoldo
Entre os dias 15 e 18 de novembro de 2018, aconteceu a reunião anual do Conselho Diretor da IE ...
34° Congresso das mulheres Luteranas - Distrito Paulista
Aconteceu nos dias 20 e 21 de outubro de 2018 o 34° Congresso das mulheres Luteranas do Distri ...
XXXIII Congresso JELB\DP
Aconteceu entre os dias 21 a 23 de setembro de 2018, em Campo Limpo Paulista, o XXXIII Congres ...
Temática da IELB para 2018
Vou viver e anunciar o que o Senhor tem feito! No lugar onde fui colocado por Deus. ...
Hino dos 500 anos da Reforma Luterana - IELB
Vencedor do concurso do hino dos 500 anos da Reforma Protestante - IELB ...
500 anos da Reforma Luterana - Sem intermediários
Segundo video de uma série sobre os 500 anos da Reforma Luterana ...
500 anos da Reforma Luterana - Como tudo começou
Primeiro video de uma série interessante sobre a Reforma Luterana ...
foto: Internet
Advento
O Ano da Igreja começa com o Advento, período de preparação antes do Natal, iniciando no domingo mais próximo ao dia de Santo André, 30 de novembro, ou no quarto domingo antes do Natal.
Advento

O Ano da Igreja começa com o Advento, período de preparação antes do Natal, iniciando no domingo mais próximo ao dia de Santo André, 30 de novembro, ou no quarto domingo antes do Natal. Este primeiro domingo do Advento não cede lugar a qualquer outra festa, mas os outros domingos do Advento podem ser substituídos por uma festa maior, como a festa da Dedicação da Igreja.

Todos os três “adventos” de Cristo são mencionados nos próprios do Advento: seu advento na “plenitude do tempo”, seu advento em sua Palavra e Sacramentos e seu advento no final dos tempos.

Embora este período seja penitencial, não é tão austero quanto a Quaresma. Durante este período, o Benedictus é dito no lugar Te Deum como o cântico dominical nas Matinas; o Gloria in Excelsis é omitido, exceto nos dias festivos; as flores não são colocadas sobre o altar, exceto no Terceiro Domingo (Gaudete) e em dias festivos; e o órgão é usado apenas para acompanhar a congregação e o coro. A Coleta para o Primeiro Domingo de Advento é dita após a Coleta do Dia em todos os cultos. Em Dias de Santos, a Coleta para o domingo anterior é adicionado como um memorial. Iniciando em 17 de dezembro, as grandes “Antífonas do Ó” são ditas antes e depois do Magnificat nas Vésperas e os sufrágios das Vésperas são omitidos. No Domingo, Segunda e Terça-feira Gaudete, paramentos de cor rosa podem ser usados no lugar dos paramentos de cor roxa.

A coroa de Advento

A iluminação de uma coroa do Advento, durante o período de Advento é uma cerimônia cristã que chegou até nós desde o tempo de Martinho Lutero. Assim como antes do nascimento de Cristo a luz da profecia a respeito de seu advento e sua obra redentora tornou-se cada vez mais brilhante, assim também, quanto mais perto nos aproximamos no Ano da Igreja da festa de sua Natividade, maior a quantidade de luz a brilhar na coroa de Advento. Esta cerimônia é útil para lembrar, examinar e ensinar o significado do Advento. A coroa de Advento pode ser feita com ramos verdes entrelaçados num aro de metal ou de madeira, formando, assim, uma coroa. A coroa pode ser pendurada no teto ou colocada sobre um pedestal. Um lugar apropriado para ela na igreja é diante do altar, pendurada no teto numa altura suficiente para caminhar embaixo. Por outro lado, ela pode ser colocada no lado norte ou sul do presbitério, preferencialmente no lado norte.

No ofício das Vésperas no sábado antes do Primeiro Domingo do Advento e em todos os cultos ao longo da semana até a Véspera do próximo Domingo, uma vela é acesa. Na semana seguinte, duas, na terceira semana três, e na quarta semana até a Véspera de Natal, quatro. Ela é removida antes da Primeira Véspera do Natal. Uma profecia messiânica apropriada pode ser lida ao acender a coroa ou em uma das leituras nos ofícios diários.

Fonte: LANG, Paul H. D. Ceremony and Celebration. Saint Louis: Concordia Publishing House, 1965. p. 153-154.

*Para saber mais sobre o blogue Teologia Luterana, CLIQUE AQUI
Vários autores
Blogue Teologia Luterana
sábado, 1 de dezembro de 2018

Luterana Ebenézer
Congregação Evangélica Luterana Ebenézer
Considerada Utilidade Pública Lei nº 374/1971
Filiada à IELB - Igreja Evangélica Luterana do Brasil
Rua Januário Zíngaro, 51 – Campo Limpo – São Paulo – SP – CEP 05794-300
Tel: (11) 5841-4254 - E-mail: luteranaebenezersp@gmail.com
2010-2018 - Todos os Direitos Reservados - Luterana Ebenézer
Desenvolvido por: Wagner Jann