Retiro de Carnaval JELB/DP 2018
E o retiro de Carnaval da JELB/DP como foi? ...
Noite de Natal
Uma noite mais que especial aqui na CELE ...
Fim de ano na CELE
Atenção para a programação de final de ano na CELE ...
500 Bíblias pelos 500 anos da Reforma Luterana
500 Bíblias pelos 500 anos da Reforma Luterana ...
Temática da IELB para 2018
Vou viver e anunciar o que o Senhor tem feito! No lugar onde fui colocado por Deus. ...
Hino dos 500 anos da Reforma Luterana - IELB
Vencedor do concurso do hino dos 500 anos da Reforma Protestante - IELB ...
500 anos da Reforma Luterana - Sem intermediários
Segundo video de uma série sobre os 500 anos da Reforma Luterana ...
500 anos da Reforma Luterana - Como tudo começou
Primeiro video de uma série interessante sobre a Reforma Luterana ...
foto: Internet
Santíssima Trindade
Você sabe o que é a Santíssima Trindade?
Domingo, 11 de junho, é o Domingo da Santíssima Trindade. Essa é a doutrina bíblica da Igreja Luterana que ensina que existe um único Deus, em 3 pessoas distintas entre si, mas de igual poder.

O Credo de Atanásio (Quicumque vult), subscrito pelas maiores confissões do cristianismo (Igreja Católica Apostólica Romana, Igreja Ortodoxa e a maior parte dos protestantes), é geralmente atribuído a Santo Atanásio, bispo de Alexandria (século IV), mas estudiosos do assunto conferem a ele data posterior (século V). Sua forma final teria sido alcançada apenas no século VIII. O texto grego mais antigo deste credo provém de um sermão de Cesário de Arles, no início do século VI.

Apesar da data ser incerta, este credo foi elaborado para combater o arianismo e reafirmar a doutrina cristã tradicional da Trindade.

O = Oficiante
C = Congregação

O: Aquele que quiser ser salvo, antes de tudo deverá ter a verdadeira fé cristã.
C: Aquele que não a conservar em sua totalidade e pureza, sem dúvida morrerá eternamente.
O: E a verdadeira fé cristã é esta:
TODOS: que honremos um único Deus na Trindade e a Trindade na Unidade,
O: não confundindo as pessoas da Trindade nem dividindo Deus em três partes.
C: Pois uma é a pessoa do Pai, outra a do Filho e outra a do Espírito Santo;
O: mas o Pai, o Filho e o Espírito Santo são um único Deus, iguais em glória e majestade eterna.
TODOS: Assim como o Pai, também o Filho e o Espírito Santo.
O: O Pai é incriado, o Filho é incriado, o Espírito Santo é incriado.
C: A grandeza do Pai não pode ser medida. A grandeza do Filho não pode ser medida. A grandeza do Espírito Santo não pode ser medida.
O: O Pai é eterno, O Filho é eterno, o Espírito Santo é eterno.
TODOS: Contudo, não são três Eternos, mas um único Eterno.
O: Do mesmo modo, não são três Incriados, nem três Deuses com uma grandeza que não pode ser medida, mas um único Incriado e um único Deus grande, que nenhum ser humano pode medir.
C: Da mesma maneira, o Pai é todo-poderoso, o Filho é todo-poderoso, o Espírito Santo é todo-poderoso;
O: contudo, não são três Todo-poderosos, mas um único Todo-poderoso.
TODOS: Assim, o Pai é Deus, o Filho é Deus, o Espírito Santo é Deus;
O: não são três Deuses, mas um único Deus.
C: Assim, o Pai é Senhor, o Filho é Senhor, o Espírito Santo é Senhor;
O: entretanto, não são três Senhores, mas um único Senhor.
TODOS: Visto que, segundo a verdade cristã, nos importa confessar cada pessoa da Trindade por sua vez como sendo Deus e Senhor, fica proibido a nós, pela fé cristã, dizer que existem três Deuses e três Senhores.
O: O Pai por ninguém foi feito, nem criado, nem gerado.
C: O Filho provém apenas do Pai, não foi feito, nem criado, mas gerado.
O: O Espírito Santo não foi feito, nem criado, nem gerado pelo Pai e pelo Filho, mas deles procede.
C: Logo, é um único Pai, não são três Pais; um único Filho, não três Filhos; um único Espírito Santo, não três Espíritos Santos.
O: E nesta Trindade nenhuma pessoa é anterior ou posterior, nenhuma maior ou menor,
C: mas todas as três pessoas sempre existiram e são iguais entre si;
TODOS: de modo que, como foi dito, em tudo seja honrada a Trindade na Unidade e a Unidade na Trindade.
O: Portanto, quem quiser ser salvo deverá pensar assim da Trindade.
C: Entretanto, é necessário para a salvação eterna crer também fielmente que nosso Senhor Jesus Cristo é verdadeiro homem.
O: Esta é, portanto, a fé verdadeira:
TODOS: crermos e confessarmos que nosso Senhor Jesus Cristo, o Filho de Deus, é Deus e Homem.
O: É Deus igual ao Pai, gerado antes dos tempos, e ser humano nascido de sua mãe no tempo;
C: Deus perfeito e Homem perfeito, em corpo e alma.
O: Igual ao Pai segundo a divindade e menor do que o Pai segundo a sua humanidade.
TODOS: Ainda que é Deus e Homem, nem por isso são dois, mas um único Cristo.
O: Um só, não deixando de ser Deus para ser homem, mas aceitando ser homem e continuando a ser Deus.
C: É, de fato, um só, não juntando a divindade com a humanidade, mas porque ele é uma única pessoa, um só Jesus Cristo.
O: Pois, assim como o ser humano é formado de alma e corpo, assim Jesus tinha as duas naturezas, a natureza divina e a natureza humana,
C: o qual padeceu pela nossa salvação, desceu ao inferno, no terceiro dia ressuscitou dos mortos.
O: Subiu ao céu, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos.
C: E quando vier, todos os homens vão ressuscitar com os seus corpos e prestar contas de seus próprios atos,
O: e aqueles que, movidos pela fé, fizeram o bem irão para a vida eterna, mas aqueles que se desviaram do caminho e fizeram o mal, vão para o fogo eterno.
TODOS: Esta é a verdadeira fé cristã. Aquele que não crer com firmeza e fidelidade não poderá ser salvo.

A linguagem foi um pouco alterada/modernizada pra a melhor compreensão dos termos usados no LIVRO DE CONCÓRDIA

Genivaldo Agner
CELE
sexta-feira, 9 de junho de 2017

Luterana Ebenézer
Congregação Evangélica Luterana Ebenézer
Considerada Utilidade Pública Lei nº 374/1971
Filiada à IELB - Igreja Evangélica Luterana do Brasil
Rua Januário Zíngaro, 51 – Campo Limpo – São Paulo – SP – CEP 05794-300
Tel: (11) 5841-4254 - E-mail: luteranaebenezersp@gmail.com
2010-2018 - Todos os Direitos Reservados - Luterana Ebenézer
Desenvolvido por: Wagner Jann